Página de livro infantil

Ilustração a lápis de cor

Hoje, não tenho muito para desenvolver. Novos saberes obrigam um reajustamento da navegação. Por isso vos deixo com uma das páginas do livro para crianças dos 4 aos 6.
Para semana espero estar em águas mais certas.

Sketchdodia Digital

Quem me segue algum tempo já sabe…Uso o sketchdodia para fazer mini desenhos/exercícios de elementos do desenho, que ainda tenho dificuldade a serem expressados com eficácia.

Aprendizagem

Nos anos de aprendizagem que tenho, já percebi qual é a minha forma de aprender:
-é exercitar durante um tempo, mês ou dois meses.Procurar aprender técnicas com pormenor. Escrever se necessário.
-parar uma semana, no máximo mês, que faço estudo de uma outra técnica que queira exercitar.
– Regressar. O entusiasmo mantém-se e a informação assenta , dando lugar para mais.Repetir o processo.

Abraçar a mudança

Quando deixei o sketchdodia em aguarela já estava viciada, na rotina matinal de aguarela e senti a sua falta .
Mas sabia que o desenho a PC podia estar melhor. Já tinha decidido a dedicar o sketchdodia ao PC, mas ainda debatia-me com o que desenhar. Quando surge no meu Youtube a sugestão do Bobby Chui. E porque não! – pensei.

Foi assim que iniciou este sketchdodia de perfil.


Para fazeres os teus exercícios matinais

As primeiras quatro já estão e já vi a necessidade dos ajustes.



Só para os mais curiosos

A software que estou a usar o Clip Studio. com ajuda de um Wacom One.

Paricipa e partilha aqui os teus desenhos.

A ego da Lex e características

Venho com a Ego da Lex e as características que mais se destacam em todos os Egos. E o da Lex não é diferente.

O ego não é emoção mas como tem a função de nos manter vivos, usa com frequência as emoções para nos regular o nosso estado, emocional e psicológico. Decidi por três emoções que são frequentes nos egos.

Advinhas quais são ?

Da fotografia ao quadro – Parte II

Muito sinceramente pensei que não ia ser possível escrever estas linhas hoje, a vacina do tal covid . Deixou-me doente, mas felizmente e finalmente melhorei.

Mesmo a tempo para pintar e terminar esta minha pêra habitada

O objectivo era dar uma percepção de profundidade com a cor… Acho que no geral consegui.

O que achas?

Da Fotografia ao quadro – Parte I

Tudo começou com a minha relutância a negligenciar os fundos. Não é que não os fizesse mas não estão tão ricos como eu gostaria de os ver. Por isso ao trabalho!

Depois da maratona de um sketch por dia com o Sketchdodia com ajuda do workout do schoolism de Iris Compiet. Não foi em todos mas foram quase todos regressamos para não fazer sketch , mas sim quadros.

A composição também entra neste enredo , por isso quando sai para fotografar já levava em mente o uso da regra do terços.

gosto de esboçar realmente a imergem para ter melhor das formas linhas e espaços que a constituem. Por isso a imagem que se segue:

Só depois as ideias começam a surgir ….

depois exploro cores..

Como podes ver….ainda não está terminado. Mas esta entrada no blog fica por aqui.

Continuo com mais novidades em 48horas..

O passeio de poeta

Das sessões diárias que tenho estado a  realizar, hoje dedico a vida à poesia.

Se não têns essa pitada de especiaria é porque pouco importa o resto e isso coloca a tua vida em risco…. Qual foi a ultima vez que passeaste ? Qual foi a ultima vez que passeaste na tua poesia?poeta