Tag Archives: banda desenhada

A rainha do Comics – Resumo de Obra e vida de Nell Brinkley

Olá

E é sábado! Este com Nell Brinkley.

1886 ou 1888 a 1905Nasce .Cedo decidiu que queria fazer carreira nas artes. Não termina a escola . E não achei referencia ou confirmação do seu ensino artistico.
1906 a 1914Em 1906 ilustra a capa de um livro para crianças da autora A.U.Mayfield. E consegue uma posição de ilustradora no jornal de Denver Post e Rocky Mountains News

Nas imagens de 1914 the Hony-moon, the wordless Story
1907 a 1918As suas ilustrações são notadas pelo o magnata William Randolph Hearst Sr. e este convida para colaborar com Hearst comunication.
Brinkley escreve e desenha para New York Journal,The American Weekly, Cosmopolitan, New York Evening Journal, Harper’s entre outros.
1908 As raparigas da Brinkley, modernas e citadinas, empregadas, criaram sensação entre o publico da época e depressa a publicidade aderiu ás sua miúdas de estilo moderno de cabelo ondulado.
As lojas Bloomingdales usam o sucesso das raparigas da Brinkley para fazerem publicidade chegando a criar o dia da Nell Brinkley. Por sua vez a audiência feminina procurava copiar os penteados desenhados pela Brinkley.
A companhia Ziegfeld Follies também decidiu inspirar-se nas raparigas de Brinkley. Elaborou espetáculos em redor desse tema e musicas.
1918 a 1937Casou-se em 1920 e divorciou-se em 1936. Desse casamento teve um filho.
Brinkley pouco a pouco afasta-se dos jornais e o seu trabalho surge mais nos suplementos de comics.
É neste espaço que nasce:

.Serie Golden Eyes. Uma enfermeira faz o percurso do seu namorado. Bill destacado para Europa na primeira guerra mundial.

.Serie Betty e Billy Their love throught the ages. (inicia-se em 1908) Uma relação amorosa de um homem e uma mulher que relembram as suas vidas passadas com ajuda de uma bola de cristal.

.The adventures of Prudence Prim. Não foi escrito por Brinkley, somente ilustrado.

.The fortunes on flossie, Brinkley somente ilustra.

.Romance of Gloriette

.Katheleen and the great secret.

.Heroines of Today

As suas heroínas escritas e ilustradas, Brinkley defende e promove a igualdade dos géneros na vida e nas escolhas de trabalho. Nas suas histórias encontramos heroínas detetives, enfermeiras, pilotos de avião. Heroínas que para altura abria fissuras na mentalidade da época. Esta posição de Brinkley irá inspirar futuras ilustradoras de comics como Dale Messick, Marty Links e Hilda Terry.
1937 a 1944Em 1937 reduz a quantidade de trabalho, apesar de aceitar ilustrar alguns livros.
Em 1943 é publicado Anthogy of comics, onde o seu trabalho é apresentado.
Em 1944 morre de cancro.

Só uma nota que achei interessante ao procurar fazer o percurso cronológico do seu trabalho.
Li que iniciou o seu trabalho artístico numa vertente mais decorativa e com o passar dos anos foi desenvolvendo o seu lado de historiadora visual. Reparei esse desenvolvimento nas seguintes imagens

A primeira é de 1916 a segunda de 1936. Espero-te para o próximo sábado, até lá, fica bem.

« Entradas Mais Antigas