Crenças de Caracol, em quadradinhos

Quem não as tem?

Chega uma altura na vida que questiona-se tudo que aprendemos. E não estou a falar da adolescência. Mas da crise de meia idade, ou dos trinta ou sempre que se olha á nossa volta e o que vemos não é bem o que queremos.

Isto acontece porque toma-se como certo um conjunto de ideias, formas de viver, que na realidade dizem mais sobre quem nos criou e não aquilo que acreditamos . Normalmente não duvidamos desses modos de pensar, julgar, viver. é necessário uma interrupção daquilo que se conhece como normal para questionar a verdade destas premissas. E foi a pensar nesta questão que me inspirei para a história que apresento em banda desenhada ( quadradinhos).

Espero que te tenha colocado a pelo menos a pensar.

Agora diz-me que acreditáres tens que impedem chegar onde queres?
Até para semana!

Nota: acreditáres é uma palavra inventada por falta de existir palavra portuguesa que se relacione com os valores que nos são ensinados na infância e que nos gerem as decisões.

Fábula o Rato e o Leão – dE CONVERSA

Continua

Página 1Página 2Página 3Página 4Página 5Página 6Página 7Pagina 8Página 9Página10Página 11Página 12Página 13 – Página 14 (em execução)


É interessante estar a fazer a banda desenhada e nos deparamos com os nossos limites e estender esses limites. Sim demora um pouco mais, mas o crescimento é assim. Não concordas?
Passa uma boa semana e até para a semana.

Intervalo da Fábula

A morte faz coisas curiosas. Torna o real em finito , o poder em pó a ganancia em pobreza, a maldade em tristeza interior…A perfeição no imperfeito. Mas mesmo assim eu quero alcançar essa imperfeição.

A semana tem sido com aquisição de alguns conhecimentos que quero colocar em prática. O resultado é mais tempo.

E se a perfeição, essa velha emoção, somente ás vezes, amiga , não viesse bater à porta a coisa até era mais rápida, mas também continha menos paixão. e temos que ouvir os amigos , não?!

Tudo isto ainda a catalogar as emoções do luto. Como o Rafi was here ( youtuber que sigo) diz isto de ser artista está cá dentro e faz o viver numa montanha russa emocional. Mas quando se é, É. E se para uns o outro dia é somente e matematicamente mais um dia. Para outros o puzzle a que chamamos vida mudou e nunca mais se repete.

Estou introspetiva. Agradecida pela visita. Até para semana.

Fábula do Rato e o Leão – de conversa

Continua

Página 1Página 2Página 3Página 4Página 5Página 6Página 7Pagina 8Página 9Página10Página 11Página 12Página 13


Tenho estado em silencio devido à morte repentina de um familiar próximo. A sua ausência trouxe mudanças. Repensar e adaptar tem sido novo habito a adotar. O tempo ficou mais curto e a bd mantém o mesmo espaço de tempo.
Por isso logo que o ultimo painel desta página fique pronto, coloco-o. Fica bem, até prá semana.