Reflexão sobre a construção da imagens na banda desenhada

É nesta tarefa que por vezes, um simples pequeno blog post mais me angustia. Devo saber tudo? ou o saber contém em si falhas que faz parte da construção do conhecimento? Serão essas falhas falta de pensamento sobre o assunto? Ou conclusões influenciadas por momentos mais depreciativos na vida?
A verdade é que existem certos sábados, tipo hoje, que estas questões sobrevoam o meu espaço com uma mosca, daquelas irritantes.
Mas vamos já matar esta mosca.

No vídeo acima as páginas faladas no blog post.



O erro de páginas


Quando fiz o texto da receita e história dos sonhos, escrevi duas paginas com letra larga e muitas rasuras. Olhei para o geral e disse para mim mesma, duas a três paginas deve chegar. Vou na quarta e sei que terá quinta.

Razão para estar acontecer esta má contabilização de paginação ?

Fiz o thumbnail das imagens muito pequeno e com pouco detalhe. Que dizer !? É daquelas coisas que a experiência trás. Ou será mais alguma coisa?

E depois de alguma reflexão sobre o assunto, percebi que existe um conjunto de opções que pode determinar a diferença na quantidade de páginas a usar para contar uma história.


Semelhante ás palavras e ao texto, as imagens conduzem para ambientes e emoções.
Nas imagens pode-se ser minimalista e apenas coloca-se acção nos intervenientes da história com ausência total do cenário. como exemplo o que fiz no livro (Sofia aprende o Jogo do desafio) ou se é mais rebuscado e descreve-se visualmente o ambiente do personagem, permitindo o leitor sentir a experiência do mesmo, como nas banda desenhadas de Enki Bilal.

Eu na receita / história dos sonhos, tenho optado por não ter diálogos extensos nos painéis. E devido a esta escolha, mais um painel surge para a resposta da afirmação do painel anterior.
O desenho do local não foi desta vez esquecido e esta na página o que faz com tenha mais ocupação de paginas. Estas são as opções que não inclui quando de inicio conclui duas ou três paginas.

Hoje o blog post foi mais um momento de reflexão e ajuste do meu processo que outra coisa. Mas também sinto que existe poucas reflexão sobre a construção da imagem na banda desenhada. Deixo-te aqui algumas das imagens dos esboços das bem-ditas páginas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s